Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)

É um distúrbio psiquiátrico de ansiedade.  Sua principal característica é a presença de crises recorrentes de obsessões e compulsões. As obsessões são pensamentos involuntários que invadem a consciência gerando ansiedade e obrigando o indivíduo a executar compulsões, que são atos físicos ou mentais realizados em resposta às obsessões.  

 

Existem dois tipos: 

 Transtorno obsessivo-compulsivo subclínico - caracterizado pelas obsessões e rituais que se repetem com frequência, mas que não interferem na qualidade de vida da pessoa.
 

  Transtorno obsessivo-compulsivo - a ansiedade só pode ser aliviada e controlada por meio dos rituais, que são repetidos compulsivamente e chegam a atrapalhar diretamente a vida de quem sofre com a doença e de pessoas próximas.

 

O diagnóstico de uma patologia psiquiátrica só deve ser feito e fechado por um profissional especializado. Ele leva em conta um conjunto de fatores que depende da avaliação minuciosa de um médico. Renovamos o pedido para que não se julgue quem quer que seja precocemente, aumentando a dificuldade e alimentando preconceitos.

 

Principais sintomas:

De origem biológica e genética, há também grande influência ambiental para o surgimento dos sintomas. Eles podem ser de intensidade leve, grave e até incapacitante. Se não tratado, pode acompanhar o indivíduo durante toda a vida, pois raramente existe uma melhora espontânea:
 

  • Medo de contaminação
     

  • Dúvidas excessivas seguidas de verificações
     

  • Preocupação exagerada com ordem, simetria ou exatidão
     

  • Pensamentos de conteúdo inaceitável
     

  • Compulsão por guardar objetos sem utilidade e dificuldade em descartá-los

  • facebook.png
  • insta.png
  • youtube.png
  • twitter.png
  • podcast.png